Prato cheio

“Buddha Bowl” é definido no dicionário urbano por uma taça, que de tão cheia que está, faz lembrar uma barriga bem redondinha, como a barriga de um Buda. 

Este é o meu género de prato. Let’s do this!

A melhor parte das Buddha Bowls é que elas equilibram a dose certa de macronutrientes: gordura, proteína e hidratos de carbono. Podem transformar-se facilmente em pratos vegan ou ficarem ainda mais deliciosas quando juntamos a nossa proteína animal favorita.

Também chamadas de glory ou hippie bowls, são pratos generosos compostos por diversos verdes: vegetais crus ou assados, feijões e grãos saudáveis, como a quinoa ou o arroz integral. Às vezes também incluem frutos secos, sementes e molhos, adicionando textura e sabor.

Dependendo da receita que estamos a seguir, a tigela pode conter um arco-íris de ingredientes, adaptado à sazonalidade ou não; mas a formula básica é sempre a mesma. A melhor parte é que cada Buddha bowl é fácil de fazer e está repleta de nutrientes, vitaminas que contribui para a perda de peso e para a saúde em geral.

Algumas receitas por aqui e aqui.