Run, baby, Run!

A corrida tem sido uma das atividades mais procuradas pelas mulheres nos últimos anos.

Seja pelo alto gasto calórico, pela diversão, pelos benefícios para o organismo ou pela simples realização pessoal, fato é que, quem corre, apaixona-se rapidamente pela modalidade.

Partilho por aqui algumas dicas dadas à Vogue Brasil pelo médico Sérgio Maurício, também maratonista e membro titular da sociedade brasileira de medicina do desporto e exercício.

 

TODAS AS MULHERES PODEM CORRER? SE NÃO, QUAIS AS CONTRAINDICAÇÕES?

Todas as mulheres podem correr, desde que a sua saúde esteja em dia.

No entanto, as mulheres devem dar uma atenção especial ao metabolismo do cálcio nos ossos, principalmente aquelas acima de 40 anos.

A redução dos minerais ósseos, podem levar (em último caso) à osteoporose. Na presença de doenças como esta, atividades de baixo impacto como bicicleta, natação ou caminhadas estão mais recomendadas. Porém, na ausência delas, a corrida é um grande aliado, aumentando a resistência e mineralização óssea.

 

QUAL A QUANTIDADE DE TREINOS POR SEMANA INDICADA PARA QUEM QUER PERDER PESO?

A pessoa que quer perder peso tem que respeitar os limites do seu corpo, senão logo, logo terá uma lesão e passará dias de molho, comendo chocolates em frente da TV novamente.

A corrida é um dos exercícios que mais queima calorias, por isso é tão tentador sair correndo mais e mais. Em geral recomendo que a pessoa inicie com 3 treinos semanais de 30 minutos, alternando os dias para que a musculatura recupere.

Dar pequenas caminhadas durante a corrida também evita que a musculatura entre em fadiga, evitando a lesões. Nos dias de repouso, natação e bicicleta são opções para não ficar parado.

De maneira geral, deve-se aumentar 10% do volume semanal a cada 1 ou 2 semanas, porém cada um tem um corpo, uma meta e uma história em diferentes desportos.

 

O PERÍODO MENSTRUAL PODE AFETAR A PERFORMANCE DA CORREDORA? 

A balança hormonal, que rege o ciclo menstrual, vai muito além de variações de humor. No período pré-menstrual, o aumento da progesterona e do estrogênio, também levam a um discreto aumento da temperatura corporal e retenção de líquidos.

Apesar de não haver um consenso sobre o assunto, a maioria dos estudos aponta para uma melhor performance no período pós-menstrual, enquanto no pré-menstrual há menor tolerância ao esforço e rendimento no desporto.

Já na fase menstrual, as respostas variam muito de mulher para mulher, não tendo padrão definido. De maneira geral, no período pré-menstrual, recomendam-se treinos mais leves, regenerativos.

 

É COMUM SENTIR ENJOOS DURANTE OU APÓS A CORRIDA?

Enjoos devem ser encarados como sinais de alerta do nosso organismo! São mais comuns em atletas iniciantes e em treinos intensos, quando o corpo chega ao seu extremo.

Dentre as principais causas na corrida podemos "listar":

- Alimentos ricos em fibras, que absorvem muita água e reduzem o transito intestinal;

- Comer imediatamente antes da corrida. Coma 1 a 2h antes da prova, dando preferência aos hidratos de carbono;

- Ansiedade, na véspera daquela prova importante que você treinou por meses;

- Leite e derivados, antes do exercício, também podem retardar o fluxo intestinal;

- Desidratação;

- Treinos muito pesados ou muito longos.

 

QUAIS SÃO AS MELHORES MANEIRAS DE EVITAR LESÕES?

Três dicas para quem quer começar a correr e evitar lesões:

1) Procure um professor experiente no assunto. Na corrida é comum as pessoas calçarem aquele par de tênis novinho em folha e sair correndo por aí, sem freio, sem planeamento e sem os descansos necessários. Os erros de treinos são as principais causas de lesões neste desporto. O recomendado é que se inicie aos poucos, em dias alternados, com aumentos lentos e graduais do volume semanal de treino.

2) Faça uma dieta adequada. Corredor precisa de hidratos de carbono! Dietas restritivas aumentam em muito as chances de tendinites, lesões musculares e fraturas por stress.

3) Ouça seu corpo. Se está sentindo dores, não insista, procure seu ortopedista para uma avaliação.

 

Na imagem, o livro de referência para quem quer começar a correr. Em "Mulheres que correm" encontram conselhos para quem quer começar e superar uma competição, qual o equipamento certo, os produtos de beleza apropriados, etc.